Luciano Moreira

Luciano Moreira

(0 comments, 149 posts)

This user hasn't shared any profile information

Home page: http://luticm.blogspot.com/

Posts by Luciano Moreira

Vídeo 02 – Certificações II

Mais um vídeo, continuando a falar sobre certificações, só que dessa vez falando do path de certificação para SQL Server, do finado programa MCM e até das provas de DB2.


Abraços,

Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.br
www.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br

Piecemeal restore com filestream

    Parte do trabalho de consultoria não é só trabalhar para definir as melhores soluções arquiteturais, mas trabalhar dentro dos limites do cliente (ex.: dinheiro, tempo, necessidade e efetividade) e uma vez definido o caminho a ser seguido, pensar em questões delicadas como, desempenho, recuperação de desastres, entre outros.
    O problema: em um cliente vamos utilizar o SQL Server filestream para armazenamento de imagens e espera-se receber para um único evento em torno de 16 milhões de imagens, com tamanho médio de 230 KB. Fazendo o cálculo nós temos aproximadamente 3,5 TB de imagens, fora os dados relacionados.
    Então considerando um eventual desastre com o banco de dados, não queremos esperar X horas com o sistema off-line até o restore finalizar, então foi proposto dividir os arquivos em regiões diferentes, permitindo a recuperação parcial do banco de dados. Para fins didáticos eu montei o script abaixo, que mostra como podemos fazer um piecemeal restore com filestream no SQL Server, e coloco nesse post para seguir como guia.
    Observação importante: não vou entrar no mérito de onde deve ser armazenado as imagens, não estou preocupado com alinhamento dos índices particionados, partition switching ou retirada dos dados desse banco, evitando sua obesidade. Claro que são questões importantes e que devem ser pensadas, mas isso faço junto com o cliente e colocar tudo aqui ia deixar esse artigo muito grande.

Estrutura do banco de dados

    O banco de dados possui o filegroup (FG) primário só com os objetos definidos na model e um filegroup para armazenar o restante dos dados do banco, que não sejam imagens. Até o momento não houve necessidade de particionar outros objetos ou dividir esse arquivo de dados. Além disso temos 5 FGs, uma para cada região que será definida, responsável por armazenar as imagens.

Script 01 – Definição do banco de dados

USE master
GO

exec sp_configure 'filestream access level', 2
RECONFIGURE

-- 2) Cria banco de dados com Filestream e tabela que utiliza recurso
IF EXISTS (SELECT * FROM sys.databases WHERE name = N'NimbusFS')
  DROP DATABASE NimbusFS
GO

CREATE DATABASE NimbusFS ON PRIMARY
  ( NAME = NimbusFS_Primary, 
    FILENAME = N'D:\Temp\SQLData\NimbusFS.mdf',
    SIZE = 15MB,
    MAXSIZE = 50MB, 
    FILEGROWTH = 15MB),
FILEGROUP FGNimbusFSData DEFAULT
  ( NAME = NimbusFS_Data, 
    FILENAME = N'D:\Temp\SQLData\NimbusFS_Data.mdf',
    SIZE = 100MB,
    MAXSIZE = 10GB, 
    FILEGROWTH = 100MB) ,
FILEGROUP FileStreamGroup1 CONTAINS FILESTREAM
  ( NAME = NimbusFS_FSG01, 
    FILENAME = N'D:\Temp\SQLData\FSG01'),
FILEGROUP FileStreamGroup2 CONTAINS FILESTREAM
  ( NAME = NimbusFS_FSG02, 
    FILENAME = N'D:\Temp\SQLData\FSG02'),
FILEGROUP FileStreamGroup3 CONTAINS FILESTREAM
  ( NAME = NimbusFS_FSG03, 
    FILENAME = N'D:\Temp\SQLData\FSG03'),
FILEGROUP FileStreamGroup4 CONTAINS FILESTREAM
  ( NAME = NimbusFS_FSG04, 
    FILENAME = N'D:\Temp\SQLData\FSG04'),
FILEGROUP FileStreamGroup5 CONTAINS FILESTREAM
  ( NAME = NimbusFS_FSG05, 
    FILENAME = N'D:\Temp\SQLData\FSG05')
LOG ON 
  ( NAME = 'NimbusFS_log', 
    FILENAME = N'D:\Temp\SQLLog\NimbusFS.ldf',
    SIZE = 50MB, 
    MAXSIZE = 1GB, 
    FILEGROWTH = 10MB);
GO

USE NimbusFS
GO

ALTER DATABASE NimbusFS
SET RECOVERY FULL
GO

    A tabela região é definida pensando nas 5 regiões do Brasil, mas notem que ela é um termo abstrato e, caso seja necessário, podemos definir nossas “pseudo-regiões”, separando São Paulo ou outros estados com maior volume de dados, ou como o negócio ditar.
    Uma função de particionamento para as regiões é utilizada em 2 esquemas. O primeiro não separa os dados em filegroups diferentes, já o segundo separa os arquivos em diferentes FGs que contém filestream. Depois a tabela Documento é criada, seguindo as definições do filestream e particionando pelo atributo IDRegiao, seguindo os esquemas previamente definidos.
    Talvez você deva estar se perguntando porque não utilizamos o tempo no particionamento, o que é mais comum. Porém neste problema o tempo não é significativo, pois potencialmente um conjunto muito grande de imagens estarão dentro de uma mesma partição, que seria a ativa para o negócio, o que não ajudaria a diminuir o tempo de recuperação.

Script 02 – Definição do banco de dados

IF (OBJECT_ID('dbo.Regiao') IS NOT NULL)

       DROP TABLE Regiao

GO


-- Filegroup default

CREATE TABLE dbo.Regiao

(ID INT IDENTITY NOT NULL PRIMARY KEY

 , Nome VARCHAR(100))

go


INSERT INTO dbo.Regiao (Nome) values ('Norte'), ('Sul'), ('Nordeste'), ('Sudeste'), ('Centro-Oeste')

go


IF (OBJECT_ID('dbo.Documento') IS NOT NULL)

       DROP TABLE Documento

GO


CREATE PARTITION FUNCTION MyPartFunction (INT) AS RANGE LEFT FOR VALUES (1,2,3,4);

CREATE PARTITION SCHEME MyPartScheme AS PARTITIONMyPartFunction ALL TO (FGNimbusFSData);

CREATE PARTITION SCHEME MyPartSchemeFS AS PARTITIONMyPartFunction TO (FileStreamGroup1, FileStreamGroup2,FileStreamGroup3, FileStreamGroup4, FileStreamGroup5);


CREATE TABLE dbo.Documento

(ID INT IDENTITY NOT NULL

 , ChaveDoc UNIQUEIDENTIFIERNOT NULL DEFAULT NEWID() ROWGUIDCOL UNIQUE ONFGNimbusFSData

 , IDFK INT NOT NULL

 , IDRegiao INT NOT NULL

 , Doc VARBINARY(MAX) FILESTREAM

) ON MyPartScheme(IDRegiao)

FILESTREAM_ON MyPartSchemeFS;

go


ALTER TABLE Documento

ADDCONSTRAINT FK_Documento_Regiao_IDRegiao

FOREIGN KEY (IDRegiao)

REFERENCES dbo.Regiao (ID)


go


Inserindo dados e realizando backups

    Uma vez com a estrutura criada, os próximos passos são auto explicativos. Vou inserindo registros no banco de dados, em diferentes regiões, seguidas de um backup full, inserts, backup do filegroup e por fim, um backup do fim do log, que coloquei lá para representar um cenário onde perdemos os dados mas ainda consigo um “tail do log”’.
    Enquanto você estiver executando os passos desse script, recomendo dar uma olhada nos diretórios do filestream. Assim que um registro da região é inserido, o arquivo aparece no filegroup da partição, mostrando claramente o “roteamento” dos dados.

Script 03 – Dados e backups

INSERTINTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (111, 1, CAST('Doc 111 - Regiao 1' ASvarbinary(MAX)));

INSERTINTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (222, 2, CAST('Doc 222 - Regiao 2' ASvarbinary(MAX)));

INSERTINTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (333, 3, CAST('Doc 333 - Regiao 3' ASvarbinary(MAX)));

INSERTINTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (444, 4, CAST('Doc 444 - Regiao 4' ASvarbinary(MAX)));

INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (555, 5, CAST('Doc 555 - Regiao 5' AS varbinary(MAX)));


BACKUP DATABASE NimbusFS

TO DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFSFull.bak'

WITH INIT


INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (112, 1, CAST('Doc 112 - Regiao 1' AS varbinary(MAX)));

INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (223, 2, CAST('Doc 222 - Regiao 2' AS varbinary(MAX)));

INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (334, 3, CAST('Doc 333 - Regiao 3' AS varbinary(MAX)));

INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (445, 4, CAST('Doc 444 - Regiao 4' AS varbinary(MAX)));

INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (556, 5, CAST('Doc 555 - Regiao 5' AS varbinary(MAX)));

GO


SELECT * FROM Documento

GO


BACKUP DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'PRIMARY'

TO DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_Primary.bak'

WITH INIT

go


BACKUP DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FGNimbusFSData'

TO DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSData.bak'

WITH INIT

go


INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (113, 1, CAST('Doc 113 - Regiao 1' AS varbinary(MAX)));


BACKUP DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FileStreamGroup1'

TO DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSG1.bak'

WITH INIT

GO


INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (224, 2, CAST('Doc 222 - Regiao 2' AS varbinary(MAX)));


BACKUP DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FileStreamGroup2'

TO DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSG2.bak'

WITH INIT

GO


INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (335, 3, CAST('Doc 333 - Regiao 3' AS varbinary(MAX)));


BACKUP DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FileStreamGroup3'

TO DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSG3.bak'

WITH INIT

GO


INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (446, 4, CAST('Doc 444 - Regiao 4' AS varbinary(MAX)));


BACKUP DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FileStreamGroup4'

TO DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSG4.bak'

WITH INIT

GO


INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (557, 5, CAST('Doc 555 - Regiao 5' AS varbinary(MAX)));


BACKUP DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FileStreamGroup5'

TO DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSG5.bak'

WITH INIT

GO


INSERT INTO Documento (IDFK, IDRegiao, Doc) VALUES (558, 5, CAST('Doc 555 - Regiao 5' AS varbinary(MAX)));


SELECT * FROM Documento

GO


-- "Tail do log"

BACKUP LOG NimbusFS

TO DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_LOG01.trn'


WITH INIT;


Recuperando de um desastre

    Supondo que neste momento você perdeu seu banco de dados e tem que partir para o restore. Você não gostaria de esperar todo o restore terminar para indicar ao negócio que todos podem voltar ao trabalho, mas sim permitir que as pessoas voltem a trabalhar aos poucos, minimizando o impacto para as regiões mais críticas. Certo?
    Então se você fez seu dever de casa certinho, pode fazer um piecemeal restore...

Script 04 – Iniciando o piecemeal restore

USE master

GO


-- Simula o desastre... Ou um DBA brilhando... :-)

DROPDATABASE NimbusFS;

GO


-- Início do piecemeal restore

RESTOREDATABASE NimbusFS

FILEGROUP= 'PRIMARY'

FROMDISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_Primary.bak'

WITH PARTIAL, NORECOVERY


RESTORE DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FGNimbusFSData'

FROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSData.bak'

WITH NORECOVERY


RESTORE LOG NimbusFSFROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_LOG01.trn'

    Temos restaurado o filegroup primário e o FG com os dados (sem as imagens), colocando-os em um estado consistente. A partir deste momento você já tem acesso ao banco e alguma funcionalidade pode ser utilizada.
    Consultas às tabelas de sistemas, tabelas que não usam o filestream e até as colunas da tabela que não são filestream, podem ser manipuladas. Porém quando você tentar acessar um dado que está em filegroup ainda não restaurado, vai ver a mensagem 670, conforme abaixo.

Script 05 – Utilizando parcialmente o banco

SELECT * FROM NimbusFS.sys.objects WHERE TYPE = 'U';

SELECT * FROM NimbusFS.dbo.Regiao;

SELECT * FROM NimbusFS.dbo.Documento;


/*

Msg 670, Level 16, State 1, Line 177

Large object (LOB) data for table "dbo.Documento" resides on an offline filegroup ("FileStreamGroup1") that cannot be accessed.

*/



SELECT id, ChaveDoc, IDRegiao FROMNimbusFS.dbo.Documento;


    A partir deste momento sua escolha é decidir qual região deve voltar primeiro (em geral isso está definido no plano de DR que você escreveu, mas enfim...). O exemplo abaixo deixa online a região 2 e faz consulta filtrando pela região, que funciona perfeitamente, mas não para as outras regiões.

Script 06 – Restore da região 02

-- Regiao 02

RESTORE DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FileStreamGroup2'

FROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSG2.bak'

WITH NORECOVERY


RESTORE LOG NimbusFS

FROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_LOG01.trn'

GO


-- Erro

SELECT* FROM NimbusFS.dbo.Documento;

-- E...


SELECT * FROM NimbusFS.dbo.Documento WHEREIDRegiao = 2;


    Continua-se o procedimento de recuperação até que todos os filegroups estejam online. Vale notar também que a última inserção, que estava no backup do transaction log, também é recuperada com sucesso.

Script 07 – Restore das outras regiões

-- Regiao 01

RESTORE DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FileStreamGroup1'

FROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSG1.bak'

WITH NORECOVERY


RESTORE LOG NimbusFS

FROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_LOG01.trn'

GO


-- Erro

SELECT* FROM NimbusFS.dbo.Documento;

-- E...

SELECT * FROM NimbusFS.dbo.Documento WHEREIDRegiao in (1,2);


-- Regiao 04

RESTORE DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FileStreamGroup4'

FROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSG4.bak'

WITH NORECOVERY


RESTORE LOG NimbusFS

FROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_LOG01.trn'

GO


-- Erro

SELECT* FROM NimbusFS.dbo.Documento;

-- E...

SELECT * FROM NimbusFS.dbo.Documento WHEREIDRegiao in (1,2,4);



-- Regiao 03

RESTORE DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FileStreamGroup3'

FROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSG3.bak'

WITH NORECOVERY


RESTORE LOG NimbusFS

FROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_LOG01.trn'

GO


-- Erro

SELECT* FROM NimbusFS.dbo.Documento;

-- E...

SELECT * FROM NimbusFS.dbo.Documento WHEREIDRegiao in (1,2,3,4);



-- Regiao 05

RESTORE DATABASE NimbusFS

FILEGROUP = 'FileStreamGroup5'

FROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_FSG5.bak'

WITH NORECOVERY


RESTORE LOG NimbusFS

FROM DISK = 'D:\Temp\SQLBackup\NimbusFS_LOG01.trn'

GO


SELECT * FROM NimbusFS.dbo.Documento;

-- E...


SELECT * FROM NimbusFS.dbo.Documento WHEREIDRegiao in (1,2,3,4,5);


    Neste momento o seu banco de dados está todo online! Vale ressaltar que o processo de recuperação como um todo vai levar mais tempo, porém você consegue ir aos poucos permitindo que regiões da sua empresa volte a trabalhar, sem ter que esperar todo o processo de DR.

    Gostou? Espero que sim! E foi bom voltar a postar posts puramente técnicos... Que agora virão com maior frequência, prometo.

Quer o script? Pode fazer o download do OneDrive.

Abraços,

Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.br
www.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br

[SQLServerDF] Material XXV – Paralelismo no SQL Server

Faz alguns dias eu apresentei no SQLServerDF sobre paralelismo no SQL Server, então deixo aqui o material (PDF e scripts).
Conforme informei para o pessoal, a sessão em breve vai virar um treinamento on-demand da Nimbus, com um pouco mais conteúdo, então reaproveitei o PPT, pois não tive tempo para alterar.

Você pode baixar o material que está no OneDrive.

Abraços,

Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.br
www.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br

Site guia do DBA e 50% de desconto em um treinamento Nimbus

Ontem recebi um e-mail com uma iniciativa recente voltada para banco de dados e DBAs, o http://guiadba.com.br/.
Não conhecia o site, mas como disse a eles, toda iniciativa de divulgar conhecimento é válida, e espero que eles consigam manter a regularidade e postar conteúdo de qualidade.

Como forma de apoio a Sr. Nimbus forneceu 50% de desconto em qualquer treinamento em 2015, que eles vão sortear na próxima semana, então é uma boa oportunidade para você participar. Espero que quem receber o desconto possa participar da próxima turma e entender porque todos falam tão bem dos treinamentos da Nimbus (http://www.srnimbus.com.br/turmas/)! Sim, aqui a modéstia passou longe…

Abraços,

Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.brwww.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br

[SQLServerDF] Encontro XXV – Paralelismo no SQL Server

Para marcar o encontro número 25 do grupo SQLServerDF, voltarei a fazer uma palestra sobre SQL Server… PQP, até que enfim! Vou usar como base a minha palestra dos últimos SQLSats e incluir mais material.

Aproveitando, no início desse ano eu conheci um novo centro de treinamento em Brasília que gostei bastante (inclusive vou usar no próximo treinamento da Nimbus em Brasília) e resolvi fazer uma experiência com o SQLServerDF, promovendo um encontro na XTC. Estamos animados com a ideia, espero que vocês gostem do local.

Também saindo do padrão, o encontro será na segunda-feira, pois na quarta eu farei uma cirurgia que me deixará alguns dias de licença médica.
De resto vocês já sabem o que fazer, por favor confirmar presença com nome e e-mail no google groups. Para aqueles que não estão no grupo, basta ir até http://groups.google.com/group/sqlserverdf, fazer sua inscrição e aguardar minha moderação

Data e horário: 09/03/2015, entre 18:00h e 20:00h
Local: Xperts Trainning Center
Palestrante: Luciano [Luti] Moreira
Título: Paralelismo no SQL Server
Descrição: Um assunto recorrente em discussões sobre SQL Server é o uso do paralelismo, e sempre fica a pergunta, é bom ou ruim? Nessa sessão vamos ver detalhes do paralelismo no SQL Server, configurações que influenciam seu uso (MAXDOP = 1?), entender o famoso wait type CXPACKET e analisar diversas consultas paralelas. Ao fim da sessão você vai poder olhar para o paralelismo com um olhar crítico e saber como utilizá-lo efetivamente.
Mini-cv do palestrante:
Luciano Moreira é sócio fundador da Sr. Nimbus. Especialista e MVP em SQL Server, vem buscando nos últimos anos explorar os detalhes de outros bancos de dados, relacionais ou não, além de estudar assuntos relacionados à arquitetura de soluções e ciência de dados. Divide seu tempo como profissional entre consultorias, treinamentos e comunidade técnica, ajudando empresas a projetar soluções, utilizar de forma eficiente os produtos e, claro, resolver problemas que envolve banco de dados..

Xperts Trainning Center
SHIS QI 15 Conjunto 8/9 Área especial Bloco D, Subsolo - Lago Sul  (ao final da rua)
CEP 71635-565 - Brasília - DF
Telefone: (61) 4063-8177 | 9545-9241
Ponto de referência: Próximo ao Hospital Brasília

Abraços,

Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.br
www.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br

[SQLServerDF] Encontro XXIV – Apresentando e Configurando o Power BI Preview

Aproveitando novamente a vinda do Demétrio para Brasília, faremos mais um encontro "relâmpago" do grupo SQLServerDF nesta semana.
Já sabem o que fazer, por favor confirmar presença com nome e e-mail no google groups. Para aqueles que não estão no grupo, basta ir até http://groups.google.com/group/sqlserverdf, fazer sua inscrição e aguardar minha moderação

Data e horário: 04/03/2015, entre 18:00h e 20:00h
Local: Auditório da Microsoft - Brasília
Palestrante: Demétrio Silva
Título: Apresentando e Configurando o Power BI Preview
Descrição: Esta sessão tem como objetivo mostrar aos participantes algumas novidades do Power BI Preview da Microsoft, bem como mostrar como criar uma conta gratuita para testes do Power BI usando qualquer e-mail, visto que, o site http://www.powerbi.com/ permite acesso apenas a usuários com e-mails corporativos e americanos. Com conteúdo bem fácil e prático esta palestra pode ser assistida por usuários de nível 100 em diante.

Mini-cv do palestrante:
Demétrio Silva atua no ramo de TI há mais de 11 anos, é bacharel em Sistemas de Informação com ênfase em Desenvolvimento de Software. Instrutor oficial Microsoft, trabalha com SQL Server há 10 anos, com Desenvolvimento, BI e Administração. Também é consultor SharePoint e possui as certificações MCTS | MCITP | MCSA | MCT - SharePoint, Project, SQL Server e Windows Server. É palestrante ativo da comunidade Microsoft.

Abraços,

Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.br
www.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br

Livros de SQL MVPs BR

Escrever um livro é um desejo que estou guardando faz tempo, com a certeza de que o momento certo vai chegar, pois acredito que o autor deve estar em harmonia com sua vida pessoal e profissional, para que possa ser algo especial para quem escreve e seus leitores.

E fico muito feliz quando vejo que amigos MVPs conseguem chegar lá e publicar um livro, então estou aqui para divulgar o trabalho de alguns deles.

Hoje fiquei sabendo do mais novo livro - SQL Server 2014: Alta Disponibilidade na Prática com AlwaysOn Failover Cluster Instances: http://www.mcdbabrasil.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=661
Autores: Nilton Pinheiro e Marcelo Fernandes
Revisão técnica: Fábio Gentile

Aproveito também para lembrar de outro amigo MVP que publicou seu livro no ano passado, Diego Nogare.
Do Banco de Dados Relacional à Tomada de Decisão: http://www.livrosdonogare.com.br/

[]s

Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.br
www.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br

Sessões rejeitadas – Microsoft Insights 2015

Como muitos já devem estar sabendo, neste ano teremos novamente o TechEd, que felizmente volta da terra dos mortos, agora com nova alcunha: Microsoft Insights -https://www.microsoftinsights.com.br/. Quem sabe poderia até ter outro nome, tipo TWD = Teched Walking Dead, TechEd zumbi, etc. :-)
Tive a felicidade de palestrar nas 5 últimas edições do evento no Brasil, e obviamente não deixaria de submeter mais palestras.

Com um call for papers aberto para todo o público, é claro que a disputa seria MUITO grande, então submeti 6 palestras (juntamente com outros palestrantes) que considero ser interessantes para o padrão do TechEd. Dessas submissões já tive 5 que não foram aceitas (snif snif), mas uma ainda está no páreo, então é torcer para a última ser aceita. Fingers crossed!

A título de curiosidade, deixo aqui as sessões que foram recusadas… Quem sabe depois não as apresento no SQLServerDF ou em outro evento.

Título: Hadoop no Azure - Conceitos, arquitetura e soluções de dados
Descrição: O famoso elefante do projeto Apache Hadoop veio para ficar e já está no meio da sala, então está na hora dos profissionais de dados entenderem como ele pode ajudar. Nessa sessão serão apresentados conceitos do Hadoop, elementos arquiteturais (como HDFS e YARN) e como podemos desenvolver soluções de dados, utilizando devidamente a plataforma do Azure, para hospedar e processar de forma eficiente grandes volumes de dados.
Palestrante: Luciano Caixeta Moreira

Título: Escalabilidade horizontal com Azure SQL Database Elastic Scale
Descrição: A sessão tem por objetivo apresentar o novo Azure SQL Database Elastic Scale, que permite a distribuição dos dados e do processamento entre diferentes unidades do SQL Database. A sessão apresentará os elementos que compõe a solução e suas capacidades básics, além de operações básicas de manipulação, como por exemplo: criação do shard map, gerenciamento de shards, consultando e manipulando dados entre shards, split-merge, roteamento, entre outros.
Palestrante: Luciano Moreira

Título: Apresentando o Azure Data Factory
Descrição: Nesta sessão será apresentado o Azure Data Factory, serviço na nuvem que permite criar e orquestrar seus dados. O Data Factory é a ponte que faltava para trabalhar com diversos tipos de dados e em qualquer local, levando para outro nível sua integração de dados, permitindo a construção e monitoração de pipelines e escalabilidade do seu processo de ETL.
Palestrante: Luciano Moreira

Título: SQL Server no Azure - Na medida certa para seu negócio
Descrição: Todo negócio possui seu volume de transações e características, além de necessidades específicas de escalabilidade e disponibilidade, sem esquecer do fator financeiro. Essa sessão tem por objetivo apresentar alternativas de soluções com o SQL Server no Azure, partindo de soluções de pequeno e médio porte (para empresas ou projetos específicos), até chegarmos em definições arquiteturais para grandes negócios, destacando as vantagens e desvantagens de cada modelo.
Palestrantes: Edvaldo Castro e Luciano Moreira

Título: Performance no SQL Server 2014 e vNext
Descrição: Nesta sessão os MVPs Fabiano e Luciano vão apresentar novas funcionalidades e detalhes de implementação do SQL Server 2014, que impactam diretamente na performance do seu banco de dados e aplicação, trazendo ganhos significativos. Se o tempo, a Microsoft, e o acordo de NDA dos MVPs permitirem, também vamos falar um pouco de recursos que estão nos esperando na próxima versão do produto… Uma sessão imperdível para DBAs que querem saber sobre detalhes do produto.
Palestrantes: Fabiano Amorim e Luciano Moreira

[]'s

Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.br
www.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br

Vídeo 01 – Certificações I

Segundo vídeo, VL01, afinal o primeiro vídeo começa com 0 (= mania geek).
Vídeo que aborda o tema certifcação na área de TI, sem entrar em detalhes de uma certificação ou outra, mas sim falando um pouco da visão do Luti em relação ao valor da certificação, dicas genéricas, etc.



Desde o início eu imaginava gravar vídeos curtos, mas do tanto que eu falo pelo visto a realidade será bem diferente…

[]s
Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.br
www.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br

Treinamento especial de Integration Services

Quase não tenho palavras para descrever o quanto estou animado com esse "novo" modelo de treinamento na Nimbus.
Sei que serão meses de muito trabalho e dedicação, com acertos de curso e feedbacks diversos, mas tenho certeza que o resultado será fantástico e quem participar terá certeza que teve em mãos o melhor treinamento de SSIS do Brasil.

Detalhes do treinamento no site da Nimbus: http://www.srnimbus.com.br/calendario/integration-services-2012-on-demand-6-meses/
Vídeo falando um pouco da iniciativa:



[]s
Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.br
www.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br
Luciano Moreira's RSS Feed
Go to Top