[SQLServerDF] Material – Pragmatic Data Science

Na terça-feira eu e meu amigo (doido) Ivan Lima fizemos uma palestra intitulada Pragmatic Data Science para o SQLServerDF.
Atualmente estamos dedicando um bom tempo (full time no caso do Ivan), para desenvolvermos nossas habilidades relacionadas com ciência dos dados.

Quem não foi perdeu, além de instrutiva tivemos dúvidas muito interessantes a respeito da ciência dos dados, big data, Hadoop, entre outros.

Abaixo algumas referências:

• O PDF da apresentação: https://onedrive.live.com/redir?resid=E145F7753042D628!3059&authkey=!APJjc_zD_RSqsoM&ithint=file%2cpdf
• Livro de Hadoop que eu comentei em sala: http://www.amazon.com/Hadoop-Definitive-Guide-Tom-White/dp/1449311520

Se você perdeu a apresentação, basta estudar as tecnologias que estão no mapa deste artigo que você vai se dar bem: http://nirvacana.com/thoughts/becoming-a-data-scientist/

Moleza! :-)

E claro, não posso deixar de anunciar que no próximo ano teremos cursos de Data Science na Nimbus!

Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.br
www.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br

Material de Apoio – Direto do Túnel do Tempo – Apresentações – Azure e Virtualização.

Buenas tardes, Comunidade e amantes da Tecnologia. Como diz a canção “Relembrar é viver!!!”. Pois bem, dando uma revirada nos meus backups, encontrei alguns arquivos que hoje posso dizer que os tenho como nostalgia, mas que num passado não muito distante, estou se referindo a WebCast, Apresentações e Palestras realizadas nos anos de: 2010, 2011 e 2012. […]

Quintas com DBA SQL Server por Acidente

Fala, pessoal! Com uma grande felicidade e depois de algum tempo, tenho a honra de participar do Quintas da TI, um projeto bem bacana criado pelo Thiago Guirotto e o Eduardo Sena, dois baita amigos da comunidade. Como é de costume e também uma palestra que trago com muito carinho atualizando-a ao longo do tempo. DBA SQL…

Azure Machine Learning – Introdução – Parte 1

Fala galera, uma nova feature, lançada a poucos meses em preview e que já está disponível publicamente na plataforma Azure é o Microsoft Azure Machine Learning. Uma funcionalidade para nós trabalharmos com Inteligência Artificial através de Mineração de Dados e que permite entender melhor os nossos dados e ambientes, e tomar melhores decisões pro futuro. [...]

The post Azure Machine Learning – Introdução – Parte 1 appeared first on Think Think SQL.

Configurando o SQL Server 2014 AlwaysOn Availability Groups em sub-redes distintas usando o Hyper-V – Parte 2.

Olá pessoal tudo certo? Espero que sim!

 Dando continuidade no material que preparei sobre como Configurar o SQL Server 2014 AlwaysOn em sub-redes distintas usando o Hyper-V, hoje vou mostrar como configurar o Domain Controller que será também o responsável por simular as duas sub-redes diferentes que iremos ter. Para quem não lembra do que foi feito no post passado, você pode acessar o mesmo através do link abaixo:


CONFIGURANDO O DC/ROUTER

1.Agora, no Hyper-V Manager, abra o Virtual Switch Manager:


2.Crie um novo virtual Switch do tipo Internal com o nome que preferir, vou chamar de RouterNetwork:


3.Clique nas “Settings” da máquina que é nosso DC e adicione duas interfaces de rede apontando para o switch virtual recém-criado.


4.Pegue o mesmo VHD que rodamos o sysprep na parte 1 deste post e inicie a máquina, ela será nosso Domain Controller e roteador das múltiplas sub-redes que irão existir em configuração de AlwaysOn com o SQL Server 2014.

5.Após o Windows voltar do sysprep, inicialmente defina o seu idioma, no meu caso irei deixar em inglês mesmo, depois clique em “Next”.


 6.Definido o idioma, selecione I accept the license terms e clique em “Start”.


7.Defina uma senha para o Administrador.


8.Após ter configurado a senha, vamos trocar o nome do computador. Para isso, abra o menu iniciar e clique com o direito em Computer e depois clique em “Properties”.


9.Depois, na primeira aba que abrir, clique em “Change Settings” ao lado direito.

10.Ao abrir a aba Computer Name, clique em “Change...”



11.Defina um nome para o computador, no meu caso irei chamar de DCAlwaysOn, definido o nome clique em “OK”.


12.Um restart será solicitado, faça o mesmo clicando em “Restart Now”.


13.Depois que o Windows voltar do restart, vamos configurar nossos adaptadores de rede. Ao lado do controlador do volume clique com o direito no ícone de conectividade e depois clique em “Open Network and Sharing Center”.


14.Depois na esquerda clique em “Change adapter settings”:


 
15.Renomeie as Interfaces para Interface 1 e 2 apenas para facilitar a identificação.


16.Agora, vamos configurar o IPv4 em cada uma delas, para isso clique na primeira interface com o direito e depois clique em “Properties”.


17.Quando as propriedades da interface 1 abrirem, selecione Internet Protocol Version 4 (TCP/IPv4) e depois clique em “Properties”.


18.Configure a primeira interface da seguinte forma:

Interface 1

IP Address: 10.0.0.2
Subnet Mask: 255.255.255.0
Default Gateway: 10.0.0.2.
Preferred DNS Server: 10.0.0.2
Alternate DNS Server: Deixe em branco.

19.Agora, abra as propriedades da segunda interface igual fizemos com a primeira porém configure-a da seguinte forma:
Interface 2

IP Address: 10.0.1.2 ***NOTE QUE ESTE SERÁ NOSSO IP DE SUB-REDE DIFERENTE***
Subnet Mask: 255.255.255.0
Default Gateway: Deixe em branco.
Preferred DNS Server: 10.0.1.2
Alternate DNS Server: Deixe em branco.

20.Vamos agora promover o Windows como um Domain Controller, para isso, primeiro abra o “Executar (run)” através do menu iniciar ou apertando Windows + R, quando ele abrir digite DCPROMO e clique em “OK”.


21.Aguarde o wizard surgir e clique em “Next” duas vezes.




22.Selecione Create a new domain in a new forest depois clique em “Next”.



23.Agora você devera inserir o nome do seu novo domínio, no meu caso utilizei AlwaysonDC.net, clique em “Next” após definir o nome.


24.Vamos agora escolher o nível funcional da Floresta, escolha Windows Server 2008 R2 e clique em “Next”.


25.Confirme que o DNS Server está selecionado e clique em “Next”.


26.Um warning ira aparecer com relação ao DNS, apenas clique em "Yes".


27.Na próxima etapa de diretórios apenas deixe como está e clique em “Next”.


28.Defina agora a senha da conta do Administrador do Domínio e clique em “Next” duas vezes.



29.Aguarde a instalação e configuração do novo domínio, perceba que você tem como marcar a opção para que um boot seja feito automaticamente ao término da mesma, fica a seu critério, contudo o boot deverá ser feito.



30.Após o boot seu domínio já estará configurado e pronto para uso, faça login no mesmo usando o usuário administrador do domínio.


31.Agora, para evitar problemas de conectividade e por ser um ambiente de testes controlado, vamos desabilitar o Firewall do Windows, para isso, primeiro abra o painel de controle através do menu iniciar clicando em “Control Panel”.


32.Clique em “System and Security”.


33.Clique agora em “Windows Firewall”.


34.Na esquerda clique em “Turn Windows Firewall on or off”.


35.Selecione Turn off Windows Firewall (not recommended) para as três configurações que surgirem e depois clique em “OK”:


36.Abra o “Server Manager” localizado na barra de tarefas ao lado do menu iniciar.


37.Em roles clique em “Add Roles”.


38.Quando o Wizard abrir, clique em “Next”.


39.Na listagem de roles selecione a role Network Policy and Access Services, clique em “Next” duas vezes.



40.Selecione Routing and Remote Access Services e clique em “Next”.


41.Na etapa de confirmação, clique em “Install”.


42.Após terminar a instalação, clique em “Close”.


43.Ainda no Server Manager, na esquerda localize a Role que você acabou de instalar, expanda ela, clique com o direito em “Routing and Remote Access” e depois clique em “Configure and Enable Routing and Remote Access”.


44.Na primeira tela do Wizard apenas clique em “Next”.


45.Em Configuration, selecione Secure connection between two private networks e clique em “Next”.


46.Em Demand-Dial Connections selecione No e clique em “Next”.


47.Clique em “Finish”.


48.Após o término da inicialização dos serviços, ainda na esquerda clique em “General” abaixo de IPv4, e veja nossas duas interfaces de rede:


Links de referência:


Continua no próximo post...
http://www.virtualpass.com.br/

Clustered Columnstore Indexes – part 44 (“Monitoring with Extended Events”)

Continuation from the previous 43 parts, starting from http://www.nikoport.com/2013/07/05/clustered-columnstore-indexes-part-1-intro/ This post is dedicated to the monitoring aspects of the Columnstore Indexes, which should help you understanding what is going on with your production system. Columnstore Monitoring Options First of all…

Formação Analista Data Warehouse Online Inicia 25/11 e 02/12

Pessoal, Iniciaremos uma turma da Formação Analista de Data Warehouse – Fase I na próxima semana. A Grande novidade é que  será no formato Online e com um conteúdo mega especial sobre BIG Data e Business Analytics para os 20 primeiros inscritos.

SQL Saturday #361 – Joinville – Santa Catarina

Olá pessoal, Ja estava mais do que na hora de anunciar a todos vocês que ja temos um SQL Saturday programado para 2015. Dessa vez teremos a honra de realizar um evento destes em Santa Catarina, mais precisamente na cidade de Joinville. Como de costume o evento terá as três trilhas: Administração, Desenvolvimento em SQL, […]

Configurando o SQL Server 2014 AlwaysOn Availability Groups em sub-redes distintas usando o Hyper-V – Parte 1.

 Olá pessoal tudo certo? Espero que sim!

 Passei um tempo preparando este material onde meu objetivo foi mostrar com o máximo de detalhe possível a configuração do SQL Server AlwaysOn Availability Groups em sub-redes distintas. 
 
Pré-requisitos: 
  • Mídia de instalação do Windows Server 2008 R2 SP1 ou a versão Evaluation, a qual pode ser baixada no link abaixo:
  • Mídia de instalação do SQL Server 2014, podendo ser a versão Evaluation a qual pode ser baixada no link abaixo:
  • Conhecimento básico de como instalar o Windows Server 2008 R2 e o SQL Server 2014.
A configuração basicamente será composta por:
  • 1 Domain Controller rodando Windows Server 2008 R2 SP1.
  • 1 cluster com 3 nós rodando Windows Server 2008 R2 SP1, sendo que 1 deles será configurado em uma sub-rede diferente dos demais.
 Todas estes servidores serão máquinas virtuais rodando sob o Hyper-V do Windows Server 2012 R2 ou Windows 8.1. Vou dividir tudo em 4 posts para facilitar a organização e melhorar o entendimento do que esta sendo feito.

 Espero que gostem! ENJOY!


PREPARANDO UMA IMAGEM DO WINDOWS

1.Primeiramente, vamos criar uma nova máquina virtual que servirá como modelo para as demais máquinas que teremos que criar. Abra o Hyper-V-Manager, clique em “New” e depois em “Virtual Machine”.

2.Quando o Wizard abrir, clique em “Next”.

3.Especifique o nome da nova máquina, irei usar algo fácil de identificar que está será nossa máquina modelo, irei chama-la de WIN2K8SYSPREP, depois que você escolheu um nome clique em “Next”.

4.Devido aos meus recursos de hardware, deixei a máquina com 1 GB de memória (1024 MB), defina um valor para memória da sua preferência mas que esteja de acordo com os requisitos para rodar o Windows Server 2008 R2, depois clique em “Next”.

5.Em Configure Networking, apenas clique “Next”.

6.Em Connect Virtual Hard Disk, selecione a opção Create a virtual hard disk, em “Name:” de um nome sugestivo para o novo VHD, no meu caso será o mesmo nome da máquina que estamos criando, em “Location:” aponte em qual diretório você quer criar este VHD, em “Size:” estou deixando em 20 GB mas se preferir altere o valor para um número superior a isso. Depois clique em “Next”.

7.Em Installation Options, irei selecionar a opção Install an operating system from a boot CD/DVD-ROM e irei apontar a ISO que possuo do Windows Server 2008 R2 SP1.

8.Em Completing the New Virtual Machine Wizard clique em “Finish.
9.Após a máquina ter sido criada ligue ela e efetue o setup do Windows Server 2008 R2.

10.Quando o setup terminar, defina uma senha para o Administrador do Windows.

11.Agora vamos habilitar através do Server Manager o .NET 3.5, clique no ícone do “Server Manager” localizado na barra de tarefas ao lado do menu iniciar.

12.Em Features clique em “Add Features”.

13.Na listagem selecione a feature .NET Framework 3.5.1 Features.

14.Em Confirm Installation Selections clique em “Install”.

15.Ao terminar o setup clique em “Close”. 

16.Existem algumas correções recomendadas pela Microsoft quando utilizamos AlwaysOn Availability Groups sob o Windows Server 2008 R2. Estas correções estão listadas no 1º link abaixo, os outros links apontam para o artigo onde os hotfixes podem ser obtidos:

Windows Hotfixes that Support AlwaysOn Availability Groups (Windows System)
An enterprise hotfix rollup is available for Windows 7 SP1 and Windows Server 2008 R2 SP1 (2775511)
Cluster service sends unnecessary registry key change notifications among cluster nodes in Windows Server 2008 or in Windows Server 2008 R2 (2616514)
A Windows Server 2008 R2 failover cluster loses quorum when an asymmetric communication failure occurs (2552040)
A transient communication failure causes a Windows Server 2008 R2 failover cluster to stop working (2550886)
An update introduces support for the AlwaysOn features from SQL Server 2012 to the .NET Framework 3.5 SP1 (2654347)
A hotfix is available to let you configure a cluster node that does not have quorum votes in Windows Server 2008 and in Windows Server 2008 R2 (2494036)
A hotfix that improves the performance of the "AlwaysOn Availability Group" feature in SQL Server 2012 is available for Windows Server 2008 R2 (2687741)

17. Após ter reiniciado o Windows após a instalação dos hotfixes, vamos usar o SYSPREP para preparar uma imagem de referência para outras máquinas virtuais:

18.Abra um prompt de comando elevado, navegue até o diretório “C:\WINDOWS\System32\Sysprep” e rode o comando: 

sysprep.exe /oobe /generalize /shutdown.

19. Após a execução do SYSPREP a máquina virtual será desligada. Crie uma cópia do VHD desta máquina, vamos usá-la para preparar nosso primeiro node para o AlwaysOn.

Link de referência para o SYSPREP:
http://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc766049%28v=ws.10%29.aspx

Continua no próximo post...
http://www.virtualpass.com.br/

[SQLServerDF] Encontro XXII – Ciência dos dados, uma visão pragmática

Oi pessoal, encontro diferente no SQLServerDF na próxima semana.
Já sabem o que fazer, por favor confirmar presença com nome e e-mail no google groups. Para aqueles que não estão no grupo, basta ir até http://groups.google.com/group/sqlserverdf, fazer sua inscrição e aguardar minha moderação.

Palestra: Ciência dos Dados - Uma visão pragmática
Palestrantes: Ivan Lima e Luciano Moreira
Data e horário: 25/11/2014, entre 17:30h e 19:30h
Local: Auditório da Microsoft - Brasília

Descrição:
Abordaremos conceitos e técnicas da Ciência dos Dados através da visão de um DBA e um “ex-DBA”. Será apresentada uma visão geral sobre o assunto e em seguida veremos as principais diferenças e semelhanças da Ciência dos Dados em relação a BI e mineração de dados. Serão discutidas quais as técnicas utilizadas, algumas das ferramentas e linguagens utilizadas, os equívocos mais comuns em relação a essa nova área de atuação e, claro, uma orientação básica como encarar esse novo e promissor mercado de trabalho.

MINI-CVs:
Ivan Lima atua na área de tecnologia da informação há quase uma década. Estudante de Ciências Econômicas, atualmente se dedica a análise e mineração de dados, focando em técnicas e métodos estatísticos, econométricos e de Machine Learning, realiza palestras e treinamentos sobre o assunto, atualmente atuando como consultor da Sr. Nimbus.
Luciano Moreira [Luti] é um geek louco por bancos de dados.  Possui certificações Microsoft, IBM e é MVP, líder do grupo SQLServerDF. Sócio e consultor da Sr. Nimbus, DBA DB2 no Sicoob. O pessoal de Brasília já o conhece bem, então não vai gastar mais tempo nesse mini-cv...

Abraços,

Luciano Caixeta Moreira - {Luti}
luciano.moreira@srnimbus.com.brwww.twitter.com/luticm
www.srnimbus.com.br
Go to Top